Fale connosco
English

Investigador Doutorado em Engenharia Mecânica e afins M/F - RH CT ADDing UTAF 40/2020

Enviar Candidatura até 13-10-2020 Candidate-se

O INEGI - Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial abre concurso para a contratação de Investigador(a) Doutorado(a) na área de Engenharia Mecânica e afins, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 57/2016, de 29 de agosto, e com as alterações introduzidas pela lei 57/2017, de 19 de julho e do Código do trabalho, aprovado Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro e vigor.

Refª do concurso: RH CT ADDing UTAF 40/2020 - POCI-01-0145-FEDER-030490

Titulo: Multi-scale Modelling of ADDitive Manufacturing by Direct Energy Deposition of Metallic Powders.

1. Plano de trabalhos:

O projeto ADDing, "Multiscale Modelling of ADDitive Manufacturing by Direct Energy Deposition of Metallic Powders”, tem como objetivo o desenvolvimento de ferramentas numéricas para uma análise preditiva para componentes obtidos por impressão 3D tendo por base o processo de DED ("Direct Energy Deposition”) de pós metálicos. O plano de trabalhos envolve assim a utilização/desenvolvimento de métodos computacionais para modelação numérica multifísica do processo DED a três diferentes escalas: componente, metal de adição e microestrutura.

As tarefas numéricas supracitadas serão suportadas por atividades experimentais como forma de compreensão do processo (energia do processo, fusão de material, evolução microestrutural, tensões residuais, …) bem como ao nível do material e componente produzido (resposta térmica, propriedades mecânicas, distorções, …).

Em suma, o plano de trabalhos, alinhado com os objetivos fundamentais do projeto ADDing, pretende desenvolver ferramentas numéricas, suportadas e validadas por resultados experimentais e vasta caracterização que permitam a redução de tempo e consumo de energia, materiais e tempo na otimização do processo DED.

2. Objetivos:

Em particular pretende-se que o candidato:

·  Desenvolva modelos numéricos termomecânicos para a tecnologia DED. A implementação destes modelos, com base nas equações clássicas para problemas térmicos e mecânicos, deverá considerar as mudanças de fase associadas à deposição de metal que envolve fusão e solidificação.  

·  Com o desenvolvimento e implementação dos modelos numéricos, pretende-se a obtenção de resultados de tensões residuais, distorções e zonas de elevado potencial de fratura, sendo a sua correlação com os resultados de extensa caracterização experimental, fundamentais para validação dos modelos em desenvolvimento. Para além disto, as dependências das propriedades mecânicas do material, com a temperatura, deverão ser iterativamente modificadas tendo em conta a geometria da zona de fusão e distribuição térmica, parâmetros adquiridos quer experimentalmente, quer por implementação de modelos numéricos.  

·  Como suporte a todos os desenvolvimentos numéricos, deverá ser incluído no plano de trabalhos uma extensa caracterização a nível experimental, desde a caracterização do próprio processo e seus parâmetros, como ao nível dos materiais de adição e componente obtido.

3. Tipo de contrato e duração:

Contrato a termo resolutivo incerto a tempo inteiro que deverá ter inicio em setembro de 2020 e durará apenas pelo período de execução necessário ao plano de trabalhos. A contratação será efetuada ao abrigo do Decreto-Lei nº 57/2016, de 29 de agosto, que aprova o Regime Jurídico do Emprego Científico, adiante designado abreviadamente por RJEC, na redação que lhe foi dada pela Lei nº 57/2017, de 19 de julho, pelo Decreto-Regulamentar nº 11-A/2017, de 29 de dezembro, pelo Código do Trabalho e demais legislação aplicável a contratos individuais de trabalho, bem como pelas normas internas do INEGI e da Fundação para a Ciência e Tecnologia, I.P.

4. Local de Trabalho: INEGI, Porto – Portugal.

5. Nível da Remuneração Mensal:

O valor mensal ilíquido corresponde ao nível 33 da Tabela Remuneratória Única e de acordo com o nº 1, alínea a), do artigo 15º da Lei nº 57/2017, de 19 de julho e com a primeira posição remuneratória do nível inicial previsto no artigo 2º do Decreto Regulamentar nº 11-A/2017, de 29 de dezembro, que, aprovada pela Portaria nº 1553-C/2008, de 31 de dezembro.

6. De acordo com o artigo nº 13 do RJEC o Júri será composto da seguinte forma:

Doutor José Manuel de Almeida César de Sá (Faculdade de Engenharia Mecânica, Universidade do Porto, INEGI), Doutora Ana Rosanete Lourenço Reis (Faculdade de Engenharia Mecânica, Universidade do Porto, INEGI); Doutor Abel Dias do Santos (Faculdade de Engenharia Mecânica, Universidade do Porto, INEGI). Suplente: Doutor João Carlos Rego Pereira (INEGI). 

7. Os graus académicos obtidos em países estrangeiros necessitam de registo por uma Instituição Portuguesa de acordo com o Decreto-lei nº. 66/2018, de 16 de agosto e a Portaria nº. 33/2019, de 25 de janeiro. A apresentação do certificado é mandatória para a assinatura do contrato. Mais informação poderá ser obtida em: https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/reconhecimento?plid=374.” do Decreto-Lei nº 341/2007, de 12 de Outubro, sendo que todas as formalidades aí estabelecidas devem ser cumpridas dentro do prazo do concurso.

8. Requisitos de Admissão:

Doutoramento em Engenharia Mecânica ou afins.
São condições preferenciais para a avaliação dos candidatos:
- Conhecimentos e experiência comprovada na modelação numérica de fenómenos multifísicos, em particular ao nível de processos de produção de base metálica;
- Conhecimentos em métodos de física computacional e de preferência experiência no desenvolvimento de ferramentas de simulação e análise de raiz;
- Conhecimento e experiência em ferramentas numéricas de elementos finitos, em particular ABAQUS;
- Conhecimento e experiência no software de programação em Python, FORTRAN, MATLAB, ou outros;
- Experiência relevante na realização de ensaios mecânicos de caraterização de materiais metálicos;
- Conhecimento e experiência na determinação de parâmetros de equações constitutivas, fazendo uso de análise inversa e metodologias de otimização;
- Experiência de utilização de técnicas de DIC e de levantamento de forma;
- Experiência no desenvolvimento de equipamentos de ensaios mecânicos e no uso de equipamentos e máquinas de ensaios experimentais;
- Experiência de trabalho em equipas multidisciplinares, com vista à sua integração com especialistas nas áreas temáticas do projeto;
- Motivação para trabalhar na área de manufatura aditiva de metais;
- Bom registo de publicações científicas em revistas com arbitragem internacional e participação em encontros científicos internacionais (mínimo de 5);
- Boa capacidade de análise crítica;
- Excelente capacidade de comunicação;
- Excelente capacidade de realizar trabalho independente;
- Línguas Portuguesa e Inglesa: Prioridade elevada, nível muito bom (falado e escrito).

9. Critérios de avaliação:

Pretende-se avaliar o currículo científico e profissional dos(as) candidatos(as), em especial o mérito científico e a experiência em investigação. Serão tidos em consideração e relevante para o trabalho a ser realizado, os seguintes critérios:

A). Apreciação curricular integrado:

AI. Relevância do CV na área das atividades planeadas (ver ponto 1). – 40%

AII. Quantidade e qualidade da produção científica do(a) candidato(a) - 25%

AIII. Participação em projetos de investigação e desenvolvimento - 25%

AIV. Atividades de extensão e de disseminação– 10%

Cada membro do júri, valoriza numa escala 0 a 100 cada critério, para cada candidato. A pontuação final será atribuída pela formula seguinte:

A=0.40AI+0.25AII+0.25AIII+0.10AIV

10. No caso que haja vários candidatos com pontuação dentro de 10% da pontuação atribuída para o/a melhor candidato(a), será realizada uma entrevista. O objetivo será obter esclarecimentos sobre os elementos curriculares e informações adicionais, bem como avaliar o perfil de atitudes, habilidades de comunicação e motivação do candidato.

Neste ultimo caso, cada membro do júri, valoriza numa escala 0 a 100, o resultado das entrevistas e a pontuação final será calculada pela formula seguinte:

Sc=0.90A+0.10B

A classificação final de cada candidato é dada pela média aritmética das classificações atribuídas pelos membros do júri. Em caso de empate, o presidente do júri terá o voto de qualidade.

11. O Sistema de classificação final será efetuado com base numa escala de 0 a 100.

12. Documentos de candidatura:

  i. Carta de motivação, demonstrando a sua adequação ao perfil (max. 2500 caracteres, incluindo espaços);
  ii. Curriculum Vitae detalhado destacando toda a formação académica superior, a produção científica;
  iii. Certificado de Habilitações;
  iv. Certificado grau/nível língua inglesa;
  v. Outros certificados de formação ou académicos relevantes.

13. As manifestações de interesse deverão ser encaminhadas entre 31 de agosto a 13 de outubro de 2020 através da página oficial do INEGI www.inegi.pt em Junte-se a nós | Posições Abertas premindo Candidate-se em RH CT 030490 UTAF 40/2020 ou por correio:

INEGI – Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial
Serviços de Recursos Humanos
Rua Dr. Roberto Frias, 400
4200-465 Porto
Portugal

14. A não conformidade com estes requisitos determinará a rejeição imediata da candidatura.

15. Falsas declarações fornecidas pelos candidatos serão punidas por lei.

16. Os resultados do processo de seleção serão divulgados através do portal: http://www.inegi.pt Após a publicação dos resultados, os candidatos têm 10 dias úteis para se pronunciarem.

17. Política de não discriminação e igualdade de acesso:

O INEGI promove uma politica de não descriminação e de igualdade de acesso, pelo que nenhum candidato(a) pode ser privilegiado(a), beneficiado(a), prejudicado(a) ou provado(a) de qualquer direito ou isento(a) de qualquer dever em razão, nomeadamente, de ascendência, idade, sexo, orientação sexual, estado civil, situação familiar, situação económica, instrução, origem ou condição social, património genético, capacidade de trabalho reduzida, deficiência, doença crónica, nacionalidade, origem étnica ou raça, território de origem, língua, religião, convicções políticas ou ideológicas e filiação sindical.

Candidate-se