Fale connosco
English

Bolsa de Investigação para alunos de doutoramento - RH DECARBONIZE ENERGIA 16/2021

Enviar Candidatura até 24-09-2021 Candidate-se

Anúncio para atribuição de Bolsa de Investigação

Encontra-se aberto concurso para atribuição de uma Bolsa de Investigação para alunos de doutoramento no âmbito do projeto: DECARBONIZE – DEvelopment of strategies and policies based on energy and non-energy applications towards CARBON neutral cities via digitalization for citIZEns and society com o apoio financeiro da CCDR-N, nas seguintes condições: 

Área científica: Sistemas Sustentáveis de Energia

Título do plano de trabalhos: Cidades neutras em carbono e saudáveis

1. Duração e Regime de Atividade:

Duração de 12 meses, início previsto para outubro de 2021, eventualmente renovável até ao limite máximo permitido pela regulamentação aplicável. A atribuição das bolsas não gera nem titula uma relação de natureza jurídico-laboral, é exercida em regime de dedicação exclusiva e é atribuído ao Bolseiro o Estatuto de Bolseiro, conforme o disposto no Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., ambos na sua redação atual.

2. Objeto de Atividade:

O bolseiro estará ligado a atividades do Projeto DECARBONIZE, com o objetivo final de promover: (1) sistemas energéticos neutros em carbono, através de sistemas integrados (multinível, multissetorial) complementados com soluções não-energéticas de mitigação e tirando partido das sinergias entre vetores e setores a diferentes níveis; (2) cidadãos ativos e novos modelos de governança, multinível e criados por e para os cidadãos, que garantem uma transição justa e inclusiva; e (3) inteligência dos sistemas energéticos através da digitalização e automação, tirando partido da informação e dados disponíveis, de forma a apoiar a integração dos sistemas e o envolvimento dos diferentes stakeholders (incluindo as pessoas individuais) na descarbonização.

O plano de trabalhos previsto inclui as seguintes atividades:

i)   Construir uma estrutura para a análise integrada (multi-setor e multi-vetor) dos sistemas energéticos locais, com a identificação e caracterização de casos de uso energéticos e não-energéticos a diferentes escalas (apartamento, edifício, quarteirão e cidade);

ii)   Identificar e avaliar diferentes medidas técnicas que promovam a descarbonização e saúde nas cidades, adequadas a diferentes escalas e casos de uso, incluindo o desenvolvimento de KPIs que apoiem a monitorização e implementação das diferentes medidas;

iii)  Desenvolvimento de políticas energéticas e ações que promovam a sustentabilidade local, e que sejam aplicadas a diferentes níveis governativos;

iv)  Escrever documentação técnica (e.g. relatórios de progresso) e científica (e.g. artigos para conferências e revistas científicas).

3. Orientação Científica:

Doutora Zenaida Mourão, Doutora Isabel Azevedo e Doutora Mafalda Silva. Os trabalhos decorrerão nas instalações do INEGI, no Porto.

4. Formação Académica e perfil do candidato:

Alunos de doutoramento.

São condições preferenciais para a avaliação dos candidatos:

i)     mestrado em Engenharia Mecânica, do Ambiente, Eletrotécnica, Ciências e Tecnologia do Ambiente ou áreas afins;

ii)    média do Mestrado mínima de 13 valores;

iii)   conhecimento dos conceitos base de sistemas energéticos a diferentes escalas, com identificação da cadeia energética da fonte primária ao serviço final;

iv)   experiência na análise integrada de sistemas de energia;

v)    experiência em projetos anteriores sobre planeamento energético;

vi)   conhecimentos básicos de avaliação tecno-económico de medidas de descarbonização;

vii)  capacidade de análise e espírito crítico;

viii) excelente capacidade de comunicação;

ix)   capacidade de trabalho em equipa e individual;

x)    línguas Portuguesa e Inglesa: Prioridade elevada, nível Bom

Os graus académicos obtidos em países estrangeiros necessitam de registo por uma Instituição Portuguesa de acordo com o Decreto-lei nº. 66/2018, de 16 de agosto e a Portaria nº. 33/2019, de 25 de janeiro. A apresentação do certificado é mandatória para a assinatura do contrato. Mais informação poderá ser obtida em: https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/reconhecimento

5. Subsídio de Manutenção Mensal:

O montante da bolsa corresponde a €1104,64 conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País https://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores, paga no final do mês a que respeitar por transferência bancária. Será também assegurado o pagamento do seguro de acidentes pessoais, o pagamento do seguro social voluntário se aplicável.

6. Legislação e regulamentação aplicável:

Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica, aprovado pela Lei nº 40/2004, de 18 de agosto, e respetivas alterações, Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. em vigor, Regulamento N.º 950/2019, de 16 de dezembro.

7. Métodos de seleção:

O processo de seleção é inicialmente constituído por uma avaliação curricular à luz dos critérios referidos. Serão tidos em consideração e relevante para o trabalho a ser realizado, os seguintes critérios:

AI. Relevância do CV na área das atividades planeadas – 60%

AII. Quantidade e qualidade da produção científica do(a) candidato(a) - 20%

AIII. Participação em projetos de investigação anteriores - 10%

AIV. Atividades de extensão e de disseminação – 10%

Desta avaliação resulta a seleção das candidaturas que passam à fase de entrevista. A avaliação final é calculada tendo por base um peso de 60% da avaliação curricular e 40% da entrevista. Os critérios de seleção são os seguintes: o percurso académico, qualificações, a adequação entre o perfil do candidato e os objetivos da bolsa, a motivação e a experiência relevante para o projeto em questão, de acordo com os requisitos de admissão acima descritos. O júri reserva-se o direito de não preencher o lugar a concurso, caso entenda não existirem candidatos que satisfaçam os requisitos do mesmo.

8. Composição do Júri de Seleção:

Presidente: Doutor Pedro Ponces Camanho. Vogais: Doutora Zenaida Sobral Mourão, Doutora Isabel Azevedo e Doutora Mafalda Silva.

9. Forma de publicitação/notificação dos resultados:

Os resultados finais da avaliação serão afixados em www.inegi.pt

10. Documentos de Candidatura:

i) Carta de motivação, demonstrando a sua adequação ao perfil requerido;

ii) Curriculum vitae, no qual deve ser clara a formação do(a) candidato(a) nos pontos referidos no item 4 deste edital;

iii) Certificado de habilitações.

11. Datas e Locais de Apresentação de Candidatura:

A documentação referida no ponto 10. deverá ser remetida de 13 a 24 de setembro 2021 através da página oficial do INEGI www.inegi.pt em Junte-se a nós | Bolsas de Investigação premindo Candidate-se em Bolsa de Investigação para alunos de doutoramento – RH DECARBONIZE ENERGIA 16/2021

12. Núcleo do Bolseiro

O núcleo de acompanhamento a bolseiros funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 12h, nos Serviços de Recursos Humanos.

INEGI-Serviços de Recursos Humanos
RH DECARBONIZE ENERGIA 16/2021
Rua Dr. Roberto Frias, 400
4200-465 Porto

Candidate-se
Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.   Saiba mais

Compreendi