Fale connosco
English

Programa Tecnologias e Economia do Hidrogénio está de volta com 3ª edição

12 julho 2021

O programa "Tecnologias e Economia do Hidrogénio” está de volta para uma 3ª edição, a decorrer entre 21 de setembro e 28 de outubro de 2021. A procura nesta área continua a ser elevada, o que, aliado ao sucesso das duas primeiras edições do programa, motivou a aposta na continuidade desta oferta formativa. A formação realiza-se com o apoio da Smartenergy, empresa que atua no ramo das energias renováveis.

O hidrogénio tem vindo a ganhar cada vez mais relevância na transição energética em curso, com um papel importante na descarbonização e na flexibilidade dos sistemas de energia.

Conhecer toda a cadeia de valor do hidrogénio, com particular enfase nas suas componentes técnicas, os diferentes modelos de negócio assim como o enquadramento regulatório, é por isso imperativo para profissionais do setor energético e de outros setores de atividade onde a transição energética poderá ter grande impacto.

Clique AQUI para conhecer o programa e saber como se inscrever.

Oferta relacionada com hidrogénio acompanha procura de formação

Portugal está a posicionar-se na linha da frente da estratégia europeia para impulsionar o hidrogénio verde, e a procura por formação na área é prova do compromisso assumido por várias empresas do tecido industrial nacional.

Entre os participantes da 1ª e 2ª edição do programa "Tecnologias e Economia do Hidrogénio” contaram-se colaboradores de várias empresas, do setor energético, industrial e da área da mobilidade.

Para Rosário Rocha, participante na 2ª edição e colaboradora da Prio Energy, "a realização desta formação serviu para enriquecer os meus conhecimentos e adquirir novas competências na área do hidrogénio. Num tema tão novo e inovador foi extremamente gratificante contactar com grandes formadores das mais diversas áreas”.

Já Ricardo Silva, da Manvia, conta que a participação no programa serviu para entender "como é que a minha empresa se poderia posicionar face ao desenvolvimento que esta tecnologia vai ter ou está a ter”. "Foi uma formação muito interessante e diversificada nos temas e nos ângulos de abordagem, muito enriquecida pelo alto nível dos formadores”, acrescenta.

A formação decorreu numa sala de aula virtual, em formato livestream, o que permitiu alargar o seu alcance, tendo recebido participantes não só de Portugal, mas também de Espanha, Suíça, México e Angola.

Rui Sousa, da Generadora FENIX / Mota-Engil México, salienta que "estando numa realidade operacional diferente da Europa (presentemente no México), foi um plus ter tido a oportunidade de participar”. Também Uwe Herleth, da EDF Renewables, manifestou agrado com a participação, e destaca "os formadores excelentes, os casos reais e práticos e todo o contexto internacional”.

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.   Saiba mais

Compreendi