Fale connosco
English

INEGI integra consórcio para criar sistema de armazenamento de energia inovador e apoiar rede elétrica

31 janeiro 2024

O INEGI integra o consórcio europeu que, durante os próximos quatro anos, vai desenvolver um sistema híbrido de armazenamento de energia (HESS) inovador, sustentável e seguro, que permitirá o armazenamento de energia a longo prazo e terá potencial para apoiar a rede elétrica e modernizar a infraestrutura de carregamento de veículos elétricos. Denominado HAVEN, o projeto ambiciona ainda ajudar a superar os desafios da integração de fontes de energia renováveis na rede existente.

Para o projeto, a equipa de especialistas vai combinar tecnologias de armazenamento de alta energia e de alta potência da próxima geração (baterias de várias tipologias e supercondensadores), assim como conversores de energia otimizados e inovadores. Serão também usadas ferramentas avançadas e ciberseguras de gestão e controlo da energia. O objetivo é criar um sistema flexível, capaz de combinar uma variedade de baterias comerciais de próxima geração e tecnologias de armazenamento numa solução integral, adaptável ao contexto onde for aplicado.

Além disso, o consórcio irá desenvolver um Digital Twin flexível do sistema de armazenamento de energia híbrido, que permitirá prever o desempenho e a gestão do sistema ao longo da sua vida útil, facilitando a sua manutenção preditiva. 

"O foco do projeto na escalabilidade, eficiência de custos e tecnologia inovadora de gémeos digitais também tem o potencial de tornar o Hybrid Energy Storage System [HESS] mais amplamente adotado e melhorar a eficiência geral do sistema elétrico”, explica Emanuel Lourenço, responsável pelo projeto no INEGI.

Projeto vai envolver a indústria

O sistema híbrido de armazenamento (HESS) de ponta contribuirá para atingir as metas europeias, nomeadamente um futuro energético sustentável. Até porque, para cumprir os objetivos de redução dos gases com efeito de estufa e utilizar fontes de energia renováveis, a União Europeia tem de incorporar esta energia verde na rede existente. Esta situação traz desafios operacionais, como a incerteza da produção, a estabilidade da tensão ou os problemas de qualidade da energia. 

Atualmente, entre as várias tecnologias de armazenamento de energia disponíveis, as baterias são a solução mais amplamente utilizada e comercialmente disponível. No entanto, até à data, nenhuma solução tem capacidade para satisfazer os requisitos de potência e densidade energética necessários para suportar a sensibilidade das alterações de carga/geração associadas à integração das fontes de energia renováveis.

"É por esta razão que os sistemas híbridos de armazenamento de energia [HESS], que combinam várias tecnologias de baterias ou que combinam baterias e outras tecnologias de armazenamento eletrostático/eletroquímico, ganharam recentemente amplas perspetivas de aplicação”, refere Emanuel Lourenço, salvaguardando, no entanto, que os "HESS ainda enfrentam desvantagens” na gestão de energia e na integração de múltiplas tecnologias de armazenamento.

O HAVEN pretende, assim, criar uma solução de vanguarda, sustentável e segura. O projeto, que irá envolver a indústria, vai assegurar o cumprimento dos requisitos técnicos, de segurança e regulamentares. Os resultados deste trabalho serão relevantes, sobretudo, para as empresas dedicadas ao desenvolvimento, fabrico e integração do HESS e dos seus vários componentes, bem como para os fabricantes de baterias, uma vez que a nova tecnologia permitirá aumentar a sua competitividade e abrir alcançar novos mercados no sector do armazenamento estacionário de energia. Estima-se, ainda, que os utilizadores finais, incluindo os produtores, distribuidores e operadores de energias renováveis possam beneficiar desta inovação. 

O projeto HAVEN - High-PerformAnce Hybrid Energy Storage System for multi-serVicE provisioning é cofinanciado pela União Europeia, no âmbito do programa de Investigação e Inovação do Horizonte Europa. O consórcio multidisciplinar, que junta parceiros de 12 países, abrange centros de investigação, empresas e associações. 


Páginas relacionadas
Noticia | INEGI é parte de esforço europeu para criar nova geração de baterias

Notícia | INEGI lidera projeto europeu para dar nova vida a baterias usadas

Notícia | INEGI obtém 2,25 M€ de financiamento europeu para tornar cadeia de valor das baterias mais sustentável

Inovação e Transferência de Tecnologia | Desenvolvimento de Produto

Inovação e Transferência de Tecnologia | Bens de equipamento

Inovação e Transferência de Tecnologia | Automóvel e Transportes

Inovação e Transferência de Tecnologia | Energias renováveis 



Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.   Saiba mais

Compreendi