Fale connosco
English

INEGI é pioneiro no uso de nova técnica para detetar danos em painéis fotovoltaicos

31 janeiro 2024

O INEGI está a apostar numa técnica inovadora para inspecionar e detetar danos em painéis fotovoltaicos. Esta nova ferramenta chama-se eletroluminescência e permite identificar anomalias ocultas às técnicas comummente usadas, oferecendo uma inspeção detalhada das células solares que compõem os módulos. A tecnologia possibilita, ainda, o mapeamento de estragos em parques fotovoltaicos após a ocorrência de furações, tempestades ou outros eventos meteorológicos extremos que possam danificar os equipamentos.

O INEGI é pioneiro no uso desta técnica de inspeção em centrais fotovoltaicas em Portugal. Consiste na aplicação de uma tensão elétrica às células solares, fazendo com que o silício emita uma luz invisível ao olho humano. Essa luz revela imperfeições e danos ocultos nas células.

As câmaras e o software usados permitem a captação de imagem durante o dia, possibilitando uma inspeção célere e mais segura a um grande número de painéis fotovoltaicos e sem interromper o trabalho dos técnicos de manutenção dos parques. 

"A eletroluminescência oferece uma visão detalhada do estado de cada painel fotovoltaico ao nível de cada célula solar, identificando problemas que podem passar despercebidos em inspeções visuais tradicionais, como microfissuras, falhas de contacto ou díodos de derivação queimados”, explica Eduardo Silva, especialista nesta técnica no INEGI. 

O uso desta tecnologia permite antecipar problemas antes que se agravem e, assim, garantir a proprietários e operadores que os parques fotovoltaicos operam com máxima eficiência e sustentabilidade. A deteção precoce de falhas leva ao desencadeamento de ações preventivas ou de garantias de fornecimento, permitindo corrigir problemas de desempenho e economizar tempo e dinheiro a longo prazo. Consequentemente, ajuda a maximizar a produção de energia e reduzir custos de manutenção

Os principais fornecedores de painéis fotovoltaicos fazem inspeções aos equipamentos antes de saírem da fábrica. No entanto, devido à sensibilidade dos módulos, entre o transporte e a instalação podem ocorrer danos nos painéis. "A inspeção, aquando da instalação dos painéis fotovoltaicos, permite avaliar a sua qualidade antes da consignação e arranque da central fotovoltaica ou quando há uma aquisição de ativos”, refere Eduardo Silva, sublinhado a importância do valor acrescentado de "saber o que se está a comprar”.  

À medida que o mundo abraça fontes de energia mais limpas e sustentáveis, a energia solar fotovoltaica emerge como uma das soluções líderes para a geração de eletricidade. As centrais fotovoltaicas desempenham um papel crucial na produção de energia limpa, porém, para garantir sua eficiência a longo prazo, é essencial que sejam mantidas e inspecionadas regularmente.

"Uma técnica inovadora que tem ganho destaque na inspeção de centrais solares fotovoltaicas é a eletroluminescência, devido à sua grande contribuição na análise dos painéis fotovoltaicos e por complementar bem os restantes serviços que oferecemos na inspeção de ativos”, acrescenta o especialista no INEGI.



Páginas Relacionadas

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.   Saiba mais

Compreendi