Fale connosco
English

INEGI é parte de esforço europeu para criar nova geração de baterias

12 outubro 2023

Criar a próxima geração de componentes para células de baterias é um importante objetivo Europeu, em linha com a ambição de ter 30 milhões de veículos elétricos nas ruas até 2030. O INEGI desempenha um relevante papel neste esforço, tendo uma participação ativa em mais de 10 consórcios europeus.

Como explica Luís Oliveira, responsável por vários destes projetos no INEGI, "o desenvolvimento de baterias sólidas é essencial para o avanço da eletrificação automóvel, já que estas prometem mais durabilidade, velocidade de carregamento, e maior rentabilidade de produção”.

Por isso, a equipa do INEGI tem a seu cargo a resposta a várias questões relacionadas com o desenvolvimento de componentes de células de baterias sustentáveis, tendo como objetivo alcançar uma elevada maturidade tecnológica para aplicações automóveis e em transportes.

Baterias sustentáveis são chave para a mobilidade «limpa»

Sustentabilidade é a palavra-chave. Para Luís Oliveira, "não podemos, por um lado, contribuir para o avanço da mobilidade elétrica, mas, por outro, intensificar a criação de resíduos e desperdício de matérias-primas”.

Por isso, a equipa de especialistas do INEGI está a trabalhar na elaboração de um conjunto de diretrizes de ecodesign, para orientar futuros fabricantes na otimização do ciclo de vida dos produtos. Aqui, são abordadas as fases de extração de matérias-primas, produção, uso, segunda vida, e descarte ou reciclagem final, sensibilizando-os para as necessidades de produtos mais circulares.

De igual forma, o INEGI está a suportar a análise e o desenvolvimento de processos de fabrico baseados em técnicas que permitem reduzir o impacto ambiental e o consumo de energia, para assim potenciar a reutilização e reciclagem, aumentar a relação custo-benefício, e a segurança dos produtos resultantes.

Um trabalho assente, em parte, em novas abordagens tecnológicas e soluções de fabrico inovadoras, como é a digitalização do fabrico, baseada em gémeos digitais e modelos de machine learning. Alavancados em ferramentas desenvolvidas in-house, o INEGI fomenta a partilha de dados críticos para os processos em questão, aumentando a robustez dos resultados, assim como a sua frequência ao longo dos diferentes projetos, sempre salvaguardando a sua segurança e custódia. O INEGI está, por isso, também a apoiar os consórcios no desenvolvimento e implementação destas tecnologias, "que se têm mostrado como essenciais para o apoio a decisão no desenvolvimento de produto sustentável”.

Baterias para automóveis e transportes entram na 4ª geração

Todo este trabalho tem como meta a implementação da 1ª linha de produção piloto de baterias automóvel de 4ª geração até meados de 2026.

Entre os projetos a decorrer até 2030, destacam-se os projetos RELiEF, ADVAGEN, PULSELiON, GIGAGREEN e NEXTCELL. Financiados ao abrigo do programa Horizon Europe, todos têm um objetivo comum - contribuir para alcançar uma Europa neutra em emissões até 2050 e a criação de uma indústria de sistemas de armazenamento de energia Europeia, capaz de competir nos mercados internacionais.

 


Páginas Relacionadas

Notícia | INEGI obtém 2,25 M€ de financiamento europeu para tornar cadeia de valor das baterias mais sustentável

Inovação e Transferência de Tecnologia | Desenvolvimento de Produto

Inovação e Transferência de Tecnologia | Processos de Fabrico

Inovação e Transferência de Tecnologia | Automóvel e Transportes

Inovação e Transferência de Tecnologia | Sustentabilidade e Circularidade


Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.   Saiba mais

Compreendi