Fale connosco
English

BIG LEAP: um «salto» na reconfiguração de baterias e na interoperabilidade de sistemas

14 fevereiro 2024

Chama-se BIG LEAP e é o novo projeto europeu que conta com o apoio do INEGI para tornar o desenho dos sistemas de gestão de baterias (BMS) de primeira vida mais interoperáveis, simplificando o processo de adatação das baterias a uma segunda vida. O INEGI vai liderar a análise do ciclo de vida dos sistemas de gestão para aferir o seu impacto ambiental e social, bem como apoiar a avaliação do impacto económico.

"As baterias são uma tecnologia importante para a transição para as energias limpas e as previsões apontam para a sua crescente expansão no mercado. No entanto, os atuais sistemas de gestão de baterias não possuem características de interoperabilidade, o que resulta num processo de reconfiguração moroso, dispendioso e não normalizado para a adaptação das baterias a uma segunda vida”, explica Emanuel Lourenço, responsável pelo projeto no INEGI.

Atualmente, a criação de sistemas de armazenamento de energia de segunda vida requer diferentes designs de sistemas de gestão, uma vez que as baterias são dimensionadas para a sua primeira utilização. A sua reconfiguração implica um processo moroso quando a bateria atinge o seu fim de vida útil, que envolve o desmantelamento do sistema de armazenamento, a sua reparação e refabricação.

Objetivo é facilitar «reaproveitamento» de baterias

O BIG LEAP centra-se, assim, no desenvolvimento de novos designs de sistemas de gestão de baterias preparados para uma segunda vida, de forma a garantir a interoperabilidade, a segurança e a fiabilidade. Além disso, o consórcio irá também otimizar o processo de reconfiguração da bateria, tornando-o rentável e mais rápido.

"O consórcio ambiciona criar um sistema de armazenamento de energia multifuncional com uma configuração de bastidor flexível, uma abordagem otimizada de placa de ensaio e um espaço adaptável. A solução proposta inclui um sistema de gestão de baterias interoperável para comunicar com sistemas escravos de módulos de bateria em diferentes estados de envelhecimento e tecnologias”, acrescenta Emanuel Lourenço.

Para o desenvolvimento da tecnologia inovadora, a equipa de especialistas irá utilizar baterias envelhecidas provenientes de veículos elétricos, embarcações e sistemas estacionários de armazenamento de energia. As baterias serão desmontadas e os dados recolhidos servirão de base para o desenvolvimento da arquitetura do inovador sistema de gestão. O projeto tem a duração de três anos e meio e, de forma a testar esta nova tecnologia, serão realizadas três demonstrações: duas físicas em Paris e em Praga e uma virtual em Marrocos. O objetivo é validar o novo sistema de gestão de baterias e o novo sistema de armazenamento de energia, comprovando a sua otimização e interoperabilidade.

Os resultados do trabalho deste consórcio servirão a indústria, nomeadamente o setor dos transportes, que é um dos maiores produtores de baterias do mundo devido à sua enorme produção de veículos elétricos. Prevê-se que esta indústria entre no mercado das baterias de segunda vida, reutilizando-as diretamente e vendendo-as. A inovação terá ainda potencial para auxiliar a atividade dos produtores e dos recicladores de baterias, bem como abrir caminho a novas iniciativas políticas.

O projeto BIG LEAP é cofinanciado pela União Europeia, no âmbito do programa de Investigação e Inovação do Horizonte Europa. O consórcio multidisciplinar abrange 14 parceiros de vários países.


Páginas relacionadas
Notícia | INEGI integra consórcio para criar sistema de armazenamento de energia inovador e apoiar rede elétrica

Noticia | INEGI é parte de esforço europeu para criar nova geração de baterias

Notícia | INEGI lidera projeto europeu para dar nova vida a baterias usadas

Notícia | INEGI obtém 2,25 M€ de financiamento europeu para tornar cadeia de valor das baterias mais sustentável

Inovação e Transferência de Tecnologia | Desenvolvimento de Produto

Inovação e Transferência de Tecnologia | Automóvel e Transportes

Inovação e Transferência de Tecnologia | Energias renováveis 

Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.   Saiba mais

Compreendi