Novos têxteis técnicos com fio de carbono para a indústria automóvel têm engenharia do INEGI

15-04-2019
O INEGI está a contribuir para a integração de novas soluções têxteis no setor automóvel, através do desenvolvimento de materiais compósitos com base em tecidos de carbono. A inovação faz parte de um projeto estruturante do Cluster Têxtil português que, até junho de 2020, pretende fomentar o acesso das empresas da fileira Têxtil e Vestuário a novos mercados e áreas de negócio.

Uma das novidades é o reforço de materiais termoplásticos com fibras de carbono, para melhorar o desempenho mecânico de componentes para a indústria automóvel. Do projeto resultará um primeiro protótipo: a proteção de um pilar estrutural de automóvel. “A equipa do INEGI está a desenvolver os semi-produtos que combinam fios de carbono com fios termoplásticos. Espera-se que a utilização desta nova matéria-prima, na forma de um fio homogéneo, diminua o risco de defeitos no produto final, melhorando o seu desempenho e reduzindo custos de produção”, explica Marta Martins, responsável pelo projeto no INEGI.

Outra inovação em desenvolvimento é a incorporação de fios sensoriais em estruturas têxteis, para monitorizar o desempenho mecânico de peças estruturais do automóvel. “O INEGI é responsável pela obtenção de materiais compósitos, com base em tecidos de carbono que contêm fios sensoriais”, avança a investigadora. Esta inovação poderá ser usada, por exemplo, na base de uma bagageira, tornando-a capaz de monitorizar a carga.

Marta Martins realça ainda o impacto estratégico do projeto ao “capacitar a indústria portuguesa para a produção de têxteis técnicos com fio de carbono, introduzindo também a novidade da sensorização. Isto permitirá a entrada em áreas de mercado muito relevantes, não só no setor automóvel, mas também no aeronáutico”.

O projeto chama-se TexBoost, é cofinanciado pelo programa Compete 2020 e envolve um total de 43 entidades, entre empresas industriais de toda a fileira têxtil e entidades não empresariais do sistema de Investigação e Inovação português.

INEGI
Universidade do Porto
CONTACTOS E LOCALIZAÇÃO
Linkedin Facebook Youtube Twitter
© INEGI 2011 | Política de Privacidade